TRIECONOMIA: Imobiliário

Angelo Frias Neto, diretor da Frias Neto Consultoria de Imóveis

Um dos termômetros da economia, o setor imobiliário costuma antecipar o desempenho do mercado. Os últimos dez anos foram de grande desenvolvimento para o segmento em Piracicaba. “Assistimos a um crescimento em várias faixas, com lançamentos e a criação de um novo perfil imobiliário: o segmento de altíssimo padrão”, afirma o empresário Angelo Frias Neto. Imóveis se mantêm como um bom investimento, não importando se o período é de estagnação ou crescimento. “Por ser um bem físico, palpável, visível e durável, o imóvel não corre o risco de sofrer alterações ou congelamentos como outros tipos de investimentos e, em tempos de instabilidade, se torna um porto seguro.” Enfrentar os percalços das mais variadas mudanças na política econômica nesses anos, com legislações ultrapassadas e cargas tributárias absurdas, constitui um desafio para qualquer empresário brasileiro. A ajuda de colaboradores e a incansável busca por atualização foram os diferenciais na Frias Neto, segundo seu diretor, que destaca o pioneirismo na cidade em diversos padrões de atendimento e trabalho, fortalecendo a crença em expectativas positivas para os próximos anos. “A demanda inesgotável por moradia faz com que o setor mantenha a oferta de imóveis, mesmo diante de um cenário de incertezas, impulsionado, ainda, por muitos lançamentos para programas federais. “Olhando mais à frente, se considerarmos que 46% da população economicamente ativa em Piracicaba têm entre 20 e 54 anos, e que mais de 50% das vendas de imóveis financiados é direcionada para a primeira moradia de pessoas com até 35 anos, podemos concluir que o horizonte para o setor é promissor para muito além dos próximos dez anos”, conclui.

Compartilhar:

Posts Recomendados

Deixe um Comentário