TRIEconomia | Produtividade no trabalho

Não é fácil ser produtivo hoje em dia. Para você driblar os problemas e aumentar sua produtividade, a ciência do comportamento tenta identificar e resumir os atributos essenciais de um ser produtivo, aquele desejado e disputado entre as empresas. Não se pergunte do que o mundo precisa, pergunte a si mesmo que vida você quer viver e entre em ação. O mundo precisa de pessoas que vivam fora da média, que vivam todo seu potencial. A afirmação é do empreendedor e consultor Chico Montenegro, para quem o fundamental é ter um tempo diário dedicado ao planejamento. “Conversando com algumas pessoas que conheço e que são focadas diariamente em suas tarefas, percebi que essas pessoas sempre reservam de 5 até 10 minutos, de manhã ou à noite, para ajustarem suas agendas, tarefas, e reverem suas metas e
objetivos”, simplifica Montenegro. “Pessoas produtivas sabem quando devem e quando não devem ser multitarefa: confesso que o conceito de multitarefa, pra mim, é uma furada. Não acredito que possa ser possível realizar duas ou três coisas, de forma correta e com qualidade
extrema, ao mesmo tempo. Mas pessoas produtivas sabem, em alguns momentos, unir tarefas”, ressalta.
SABER PARAR
Outro estudo aponta que um em cada cinco entrevistados disse que se sentia culpado ao fazer pausas. Claro que não é para ficar mais tempo fora do que dentro do traballho. Porém, de acordo com Tony Schwartz, autor do livro “The Way We’re Working Isn’t Working”, para ser ainda mais produtivo, você precisa fazer pausas de 20 minutos a cada 90 minutos de trabalho.
SIESTA
Sabe como é. Nem sempre é possível dormir sete ou oito horas por dia. Devido à fadiga, muitas pessoas tomam várias xícaras de café e comem alimentos a base de açúcar para se manter acordadas. Uma pesquisa da Universidade de Harvard aponta que a solução para esse problema é cochilar durante 20 a 30 minutos toda tarde.
OUÇA MÚSICA
Talvez você já tenha ouvido falar que ouvir música clássica ajuda as pessoas a se concentrarem mais. Em um estudo da Universidade de Miami envolvendo especialistas em tecnologia da informação, aqueles que ouviam música no trabalho faziam suas tarefas mais rapidamente e tinham ideias melhores do que aqueles que não escutavam músicas. Isso acontece porque sons melodiosos liberam dopamina, um hormônio ligado
ao prazer.
ACESSE SUAS REDES SOCIAIS
Essa dica pode dar arrepios em certos empresários, mas acredite, é eficaz para aumentar a produtividade de seus colaboradores. Pode até parecer piada, mas interagir nas redes sociais pode ajudar a ser mais produtivo no trabalho. Um estudo da Universidade do Kansas, nos EUA, revelou que fazer pausas para usar o smartphone pode ser um benefício para a produtividade. Porém, a pesquisa mostrou que o funcionário deve usar as redes sociais por, no máximo, 20 minutos no trabalho.
FAÇA EXERCÍCIOS DE MANHÃ
Apesar de muitas pessoas preferirem fazer exercícios depois do expediente, pesquisadores sugerem que, se você quer baixar sua pressão arterial, ter uma boa noite de sono e, consequentemente, ser mais produtivo, você deve se exercitar de manhã bem cedo.
UMA COISA DE CADA VEZ
Segundo o estudo do Bureau Nacional de Pesquisas Econômicas dos EUA, se você precisa fazer duas coisas ao mesmo tempo, atrele a atividade cognitiva com um exercício físico para o qual você não necessita pensar. A explicação dos pesquisadores é que seu cérebro não consegue se concentrar em duas distrações cognitivas de uma vez.
PLANTAS AO SEU REDOR
Segundo um estudo da Universidade de Queensland, as plantas devem permanecer nos escritórios. Segundo os pesquisadores, áreas de trabalho com plantas podem aumentar a produtividade dos empregados em 15%. Agora você tem mais um motivo, além do design, para tirar o bonsai da gaveta.
VER BOAS IMAGENS
Sabe a imagem de um bebê fofinho sempre presente nas redes sociais? Pois é, ela pode fazer mais bem do que se imagina. Estudo japonês descobriu que quando as pessoas veem essas imagens, elas sentem a necessidade de cuidar desses animais e bebês e acabam, consequentemente, prestando mais atenção aos pequenos detalhes no trabalho.

Informações: Exame.com

Compartilhar:

Posts Recomendados

Deixe um Comentário