Líder em destaque | Larissa Koelle

Educação. Talvez seja essa a palavra que rege a vida de Larissa Koelle – e de quase toda a sua família. E esse conceito não é recente: seu tataravô Theodor Kölle veio da Alemanha para atender os filhos de imigrantes alemães e suíços que haviam se radicado na região de Rio Claro, e, em 1883, fundou o Colégio Koelle. “Já são quatro gerações da família na gestão do colégio, e eu cresci cercada de educadores. Seguir carreira nessa área foi completamente natural”, diz. A necessidade nata pelo conhecimento a levou para diversos lugares, dentre eles a Inglaterra, onde fez o terceiro colegial. Voltou para o Brasil para cursar administração de empresas, e, aos 21 anos, foi contratada na sede da Cultura Inglesa em São Paulo. “Logo que comecei, atuei nos departamentos administrativos e de marketing, e também como professora dentro da sala de aula. Mas ainda não havia me encontrado, ainda não sabia o que exatamente estava buscando e, após algum tempo, resolvi testar outros caminhos – fui trabalhar na Siemens”, lembra. A ligação da Cultura Inglesa veio certo tempo depois, em 2006: estavam interessados em abrir escolas no interior do Estado, e buscavam profissionais competentes e com conhecimento da empresa – logo pensaram em Larissa. “Não pensei duas vezes, e aceitei o desafio de lançar um novo conceito, da estaca zero, em Piracicaba e Rio Claro”.

Dos zero alunos iniciais, Larissa hoje tem 1.600 somando as duas unidades. Para manter a fidelidade dos clientes e oferecer o melhor possível para cada um, ela investe em uma equipe campeã. “Não é possível liderar sem ter funcionários qualificados, engajados e interessados. Minha gestão foca muito nisso, em conquistar e reter talentos para que a empresa cresça cada vez mais”. Foi assim que conquistou seu espaço na região e consolidou o nome da marca Cultura Inglesa como uma escola de idiomas que cumpre o que promete. Segundo ela, uma das maiores satisfações profissionais em sua profissão é ver um aluno fluente.

Para ela, não existe técnica melhor para atingir o sucesso do que trabalhar. Simples assim. Mesmo em períodos nos quais fatores como a economia do país não são favoráveis ao crescimento, a oportunidade para se destacar existe. “O pessimista vê um problema em cada oportunidade; o otimista vê uma oportunidade em cada problema. É assim que eu encaro a tão temida ‘crise’: é essencial trabalhar melhor, atender melhor, dar uma aula melhor – não adianta fazer o mesmo de sempre e achar que está suficiente”, fala. Planejamento é algo que deve ser constante, sem interrupção. A empresária conta que já se deixou levar pela intuição, mas hoje planeja e organiza com antecedência as ações. De acordo com ela, é fundamental entender como cada situação vai impactar no seu negócio e agir da melhor forma possível para não só sair ileso da crise, mas melhor. “Ficamos mais criativos nesses momentos, buscando soluções urgentes para problemas que não foram previstos. É possível fazer melhorias concretas se o planejamento for eficaz”, aconselha.

Reinvenção é outra característica fundamental em um líder, de acordo com Larissa. Para ela, o empresário não pode enxergar um negócio, uma empresa, colaboradores e clientes partindo do pressuposto que eles pensam como você, pois todas as pessoas são diferentes. “Não existe uma receita de bolo para lidar com pessoas. Cada um é seu próprio indivíduo e tem características, atitudes e necessidades distintas. Treino meus funcionários de acordo com o que cada um precisa, e o respeito à individualidade de cada um é prioridade. Claro que o objetivo final deve ser sempre em benefício da empresa”. O colaborador ideal é aquele que sabe trabalhar em equipe, que quer se desenvolver e crescer, e Larissa diz que um bom líder identifica essa vontade no funcionário e explora isso – capacita, treina, promove, valoriza. “Se você quer as estrelas, tem que pagar por elas. Não meço esforços para prover condições de aprendizado para minha equipe”, diz.

Os estudos e as atualizações são contínuos, e Larissa participa de cursos, palestras e workshops constantemente. “Sou graduada também em pedagogia e tenho especializações em metodologia de ensino, além de estar sempre muito atenta às tendências das áreas de educação e gestão de empresas”. Um livro que a profissional indica como ótima fonte de conhecimento é “Vencedoras Por Opção”, de Jim Collins e Morten T. Hansen (HSM Editora), que inspira o leitor a ser excelente em diversas áreas, principalmente em atendimento. “Também gostei muito – que tem conselhos legais para as mulheres – é “Faça Acontecer: Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar”, da chefe de operações do Facebook, Sheryl Sandberg”, comenta.

Larissa conta que apesar dos inúmeros conselhos que recebeu desde o início de sua carreira – alguns ótimos, outros nem tanto – sempre seguiu aquilo que achava ser a melhor opção em cada momento, e aprendeu com seus próprios erros. “Hoje, quando me pedem conselhos, gosto de dizer que é importante lembrar que não sabemos tudo, que o aprendizado deve ser diário para o resto da vida. Além disso, aprendi que se colocar no lugar dos outros e enxergar as situações por outro ponto de vista é algo a ser praticado constantemente; procurar entender as pessoas e conversar com elas, dar espaço para que contribuam de maneira ativa em qualquer negócio”, diz.

Depois do nascimento de seu filho, hoje com dois anos, Larissa conta ter aprendido a ser mais produtiva, a fazer mais coisas em menos tempo. “Estou cercada de pessoas muito bem qualificadas, entre elas o meu marido Fábio, com quem converso muito – sobre tudo. Isso me mantém sã e sempre em busca de ser a melhor versão de mim mesma. Busco diariamente o equilíbrio entre profissão e vida pessoal, e faço o meu melhor em tudo que posso”, finaliza.

Compartilhar:

Posts Recomendados

1 Comentário

Deixe um Comentário